Clippings | Ficha técnica | Vídeos

Clique sobre a foto para ampliar

O espetáculo (des)esperar (2007) é uma livre adaptação do clássico Esperando Godot, de Samuel Beckett e o Tratado do desespero e da beatitude, de Andre Comte Spoville.

 

Foi criado a partir de exercícios corporais, depoimentos pessoais e improvisações, o que trouxe um discurso autonômo para as intérpretes-criadoras e para obra. A peça é um jogo de improviso com um roteiro de ações que delineia a trajetória ficcional. As atrizes percorrem esta alternando entre as obras clássicas e a relação com a Presença das quatro mulheres que se encontram na mesma condição, a de espera.

O roteiro define o conflito e as possibilidades de jogo em cena. Ele esclarece as fronteiras da ficção sem criar impedimentos para improvisação. Assim, cada apresentação, se constrói no ato da cena: ação, relação e texto. Cada apresentação é única, tem seu frescor e vivacidade ao longo destes 10 anos.

Currículo

(des)esperar teve sua estreia em 2007, no Teatro Helena Barcelos, na Universidade de Brasília Ainda neste ano apresentou nas mostras MOTEU (Mostra de Teatro Universitário) e Teatro Universitário Candango(TUCAN-UnB). Em 2008, 2011 e 2014 o espetáculo foi contemplado pelo Fundo de Apoio a Cultura (FAC-DF) com a circulação nas regiões administrativas do Distrito Federal e em estados brasileiros.

Em 2009, participou do Prêmio Sesc do Teatro Candango onde recebeu o prêmio de melhor Iluminação e as indicações para os prêmios de Melhor Espetáculo, Melhor Direção e Melhor Trilha Sonora.  Em 2010, participou do Festival Mulher em Cena - DF, do Palco Giratório Sesc DF. Em 2013, esteve na Ocupação Funarte - BR020 Práticas de Proximidade, no Festival do Teatro Brasileiro - Cena Candanga, em Mato Grosso do Sul, FESTFAC e Ocupação Independente - Grupo Tripé. O espetáculo realizou apresentações nas cidades de Campo Grande (SESCHorto), Uberaba e Belo Horizonte(Galpão CineHorto) com patrocínio do Conselho Nacional do SESI e Porto Alegre(Teatro de Arena).